Faq

FAQ

A Ressonância Magnética Nuclear, ou RMN, é um método para produzir imagens altamente detalhadas de órgãos e tecidos em todo o corpo sem a necessidade de raios-X ou radiação “ionizante”. Em vez disso, a RM usa um poderoso campo magnético, ondas de rádio, mudando rapidamente de campos magnéticos e um computador para criar imagens que mostram se apresenta lesão, doença ou condição anormal.
De maneira geral a radioterapia não contra-indica a realização de Ressonância Magnética. Contudo, deve-se analisar o objetivo do exame, visto que até a radioterapia pode ocasionar inchaço no local aonde foi irradiado e ocasionar resultados da doença de aspecto distorcido.
A Ressonância Magnética é o procedimento preferido para diagnosticar um grande número de possíveis problemas ou condições anormais em diferentes partes do corpo. Em geral, a Ressonância Magnética cria imagens que podem mostrar diferenças entre tecidos saudáveis e não saudáveis. Os médicos solicitam a Ressonância Magnética para examinar o cérebro, coluna, articulações (por exemplo, joelho, ombro, quadril, punho e tornozelo), abdome, região pélvica, seios, vasos sanguíneos, coração e outras partes do corpo.
Se você estiver amamentando e for realizar o exame de Ressonância Magnética e houver a possibilidade de ser injetado com um material de contraste, avise o profissional responsável. Nestas circunstâncias, uma opção é reservar o leite antes do exame para dar ao bebê enquanto o meio de contraste é removido do corpo, o que geralmente leva 24 horas. O Médico Radiologista também poderá fornecer informações adicionais sobre este assunto.
O/A Radiologista é um Médico (a) especializado no diagnóstico e tratamento de doenças e lesões utilizando técnicas de imagem médicas, tais como Raios-X, Tomografia Computadorizada (TC), Ressonância Magnética Nuclear (RMN), Medicina Nuclear, Ultrassonografia, Mamografia, Densitometria Óssea. Como algumas dessas técnicas de imagem incluem o uso de radiação, o treinamento adequado e o conhecimento das práticas de segurança e proteção na área radiológica são importantes. O seu radiologista desempenha um papel fundamental nos seus cuidados de saúde por que: • Atuar como um consultor especialista para o seu médico assistente, auxilia a escolher o exame certo, interpretando as imagens médicas resultantes e usando os resultados para planejar o tratamento médico; • Correlacionam os achados em imagens médicas com outros exames e testes; • Recomenda testes ou tratamentos mais apropriados, quando necessário, e consulte os médicos responsáveis; • Direciona os Técnicos de Radiologia, Biomédicos (equipe que gerencia o equipamento) durante a realização de exames de qualidade.
Uma pessoa que é muito grande pode não na abertura de um tomógrafo convencional ou pode ser superior a capacidade máxima de peso da mesa. A TC de coluna não mostra detalhes o suficiente para avaliar adequadamente a medula espinhal. Neste caso RM pode ser mais adequada para demonstrar ligamentos feridos, o estado dos discos intervertebrais e hematomas na região da coluna vertebral.
Talvez o uso mais frequente de Tomografia Computadorizada da Coluna Vertebral é detectar ou descartar danos sofridos por pacientes acidentado.
Algumas pessoas podem sentir-se confinadas, confinadas e com medo. Aproximadamente uma em vinte pessoas pode precisar de sedação para auxiliar no exame. Hoje em dia, muitos pacientes não sentem este desconforto ai realizarem seu exame em equipamentos mais modernos e que têm um design mais “aberto”. O Equipamento do CADIM possui este design mais aberto, reduz a ansiedade durante o exame e mesa que suporta até 250kg.
Se você a paciente estiver grávida ou suspeitar que está grávida, deverá informar antes do início do exame. Em geral, não há riscos conhecidos de Ressonância Magnética em mulheres grávidas. No entanto, a RM é reservada apenas para problemas muito graves ou suspeita de anormalidades.
Iodado e Gadolínio Materiais de contraste iodado injetados na veia (intravenosa) são usados para imagens de Raios X e TC. O gadolínio injetado é usado para as imagens de Ressonância Magnética. Eles geralmente são usados para melhorar as imagens de: • Órgãos internos, incluindo o coração, pulmões, fígado, glândulas suprarrenais, rins, pâncreas, vesícula biliar, baço, útero e bexiga; • O tracto gastrointestinal, incluindo o estômago, intestino delgado e intestino grosso; • As artérias e veias do corpo, incluindo os vasos do cérebro, pescoço, tórax, abdome, pelve e pernas; • Os tecidos moles do corpo, incluindo músculos, gordura e pele; • Cérebro; • Tórax.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.